"http://www.canalbioenergia.com.br/wp-content/uploads/2018/11/Marca-650x90-NOV-2018.jpg" />
Home » agronegócio » Clima favorece desenvolvimento das lavouras em MT, GO e SP

Clima favorece desenvolvimento das lavouras em MT, GO e SP

Print Friendly, PDF & Email

Apesar das áreas de instabilidade que atuam em alguns pontos de Mato Grosso, Goiás e São Paulo, a previsão é de tempo aberto em grande parte do país, o que irá possibilitar a realização dos trabalhos de campo, como colheita e plantio. Além disso, como estão sendo previstas pancadas de chuvas em grande parte da região centro-norte do Brasil no final da tarde e noite, os níveis de umidade do solo continuarão altos e favorecerão o desenvolvimento das lavouras, em especial o milho, algodão, café e cana-de-açúcar.

Todo o final de semana será marcado pelo tempo aberto , temperaturas em elevação e previsão de pancadas de chuvas , principalmente no final do dia. Isso deve manter as condições excepcionais a realização dos trabalhos de campo, bem como ao desenvolvimento das lavouras.

No Sul do Brasil, a previsão é de chuva em grande parte de Santa Catarina, do Paraná e sul do Mato Grosso do Sul ao longo dos próximos três dias, sempre na forma de pancadas. Somente no Rio Grande do Sul é que não há previsão de chuva generalizada , apenas poderão ocorrer algumas pancadas sobre a faixa leste e norte do estado. Mas, por enquanto, isso não tem provocado perdas, pelo contrário – quanto mais avança a colheita da soja no Brasil, mais se observa que o clima foi extremamente benevolente à cultura . Muitas regiões já apresentam índices de produtividade superiores aos do ano passado, isso porque o clima na safra passada foi excepcional .

Somente no final da próxima semana é que o tempo começa a mudar e há previsão de chuvas mais generalizadas sobre todo o país. Alguns outros estados também têm sido beneficiados pelas chuvas regulares, como o Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia, onde as chuvas desde o começo da safra estão ocorrendo de forma regular e em bons volumes, permitindo que os produtores obtenham excelentes condições ao desenvolvimento das lavouras e, sobretudo, médias de produtividade excepcionais. A tendência é que tais condições meteorológicas se mantenham até o final da safra.

Argentina
Na Argentina, as condições não são nada parecidas com as do Brasil. A ausência de chuvas regulares associadas às altíssimas temperaturas têm ocasionado perdas irreversíveis em diversas localidades do país, e diversos órgãos de previsão de safra já sinalizam quebras bastante significativas na produção de milho e, principalmente de soja. No entanto, é necessário ter muita cautela, já que os modelos de previsão de chuva já sinalizam o retorno das chuvas mais abrangentes e em bons volumes a partir do final da próxima semana.

Climatempo