foto ilustrativa

Usina de biometano a partir de cana-de-açúcar no RJ

Print Friendly, PDF & Email

A Cooperativa Agroindustrial do Estado do Rio de Janeiro (Coagro), a empresa de soluções em biocombustíveis ZEG Biogás e o Porto do Açu celebraram um memorando de entendimento para a implantação da primeira usina de biometano a partir da cana-de-açúcar no Estado.

De acordo com estudos que foram iniciados pela ZEG Biogás em maio, a expectativa é de que os custos do projeto cheguem a R$ 60 milhões, que a decisão de investimento ocorra no primeiro trimestre de 2024, para que assim a planta tenha sua operação comercial iniciada em 2025, com capacidade de produção de 5 milhões de metros cúbicos por ano.

A usina será a primeira do Rio de Janeiro a utilizar vinhaça, subproduto da cana-de-açúcar, para geração de biogás e produção do biometano, mas também é estudada a aplicação de outros substratos para a ampliação do projeto no futuro.

Com o avanço na disponibilidade de biomassa local previsto para ocorrer ao longo dos próximos anos, os investimentos poderão ser ampliados, assim como a oferta de biometano para o mercado, disseram as empresas.

Pelo memorando assinado, a Porto do Açu atuará como plataforma de infraestrutura. Além de fomentar o consumo do biometano nas instalações industriais, irá fazer o transporte dos veículos de carga e providenciar equipamentos logísticos. A ZEG Biogás proverá as soluções tecnológicas para geração do biogás e sua purificação em biometano, atuando, também, como potencial investidor do projeto, além de comercializar com exclusividade todo o biocombustível produzido. Já a Coagro fornecerá a matéria-prima necessária para a produção do biogás.

De acordo com as empresas, a agroindústria fluminense já foi uma importante produtora de cana-de-açúcar do país, e pode retomar sua posição de destaque. Atualmente, o potencial de produção de cana na área do entorno do Açu é de cerca de 2,1 milhões de toneladas por ano. Globo Rural

Veja Também

Biogás segue com cenários positivos no Brasil

O Brasil produz atualmente 4,6 bilhões de metros cúbicos de biogás por ano. Isso dá …