Soluções agrícolas ajudam a acelerar a renovação do solo para a safra 2020/2021

Print Friendly, PDF & Email

Produtos CalFértil e Optmix, da Viter, proporcionam rápida correção e nutrição do solo, com aplicação otimizada e menores custos operacionais

Com o início do período da safra de grãos 2020/2021 em várias regiões do país, o momento requer agilidade e precisão para renovar o solo e ajudá-lo a recuperar os nutrientes, sobretudo porque a próxima safra já começou com projeções de crescimento de área plantada e potencial de produção recorde, segundo consultoria Datagro. E é justamente nesse momento que os agricultores mais precisam de alternativas que contribuam para simplificar o trabalho no campo, mantendo a produtividade de forma sustentável.

Nesse contexto, a Viter, marca exclusiva de insumos agrícolas da Votorantim Cimentos, disponibiliza soluções práticas e inovadoras para perpetuar o potencial máximo do solo e garantir mais vida e vigor para a terra. Uma das soluções oferecidas pela marca é o Optmix, um lançamento para o mercado agrícola, que corrige, nutre e condiciona o perfil do solo em uma única aplicação, já que o mix de calcário e gesso reúne em sua composição três macronutrientes essenciais: cálcio, magnésio e enxofre. Além de agilizar a recuperação do solo, o produto contribui para melhorar a gestão da área de estocagem de insumos e reduzir custos.

Outra solução para correção rápida do solo é a CalFértil, que pode ser aplicada em diversas culturas no pré-plantio, pós-plantio e cobertura. Com alto grau de pureza e finura, o produto garante imediata nutrição por cálcio e magnésio em profundidade, neutraliza o alumínio tóxico e aumenta a eficiência dos fertilizantes.

O gerente geral da Viter, Laércio Solla, ressalta que as soluções da marca atendem com eficiência aos produtores de todas as culturas, em qualquer região do país e em qualquer ciclo de plantio. “Além de oferecermos produtos versáteis e inovadores, disponibilizamos assistência técnica, por meio de um time que possui sólida experiência no setor agrícola para colaborar com a análise do solo, tanto na aplicação, quanto na compreensão das tendências”, destaca o executivo. (Assessoria de imprensa)