Apólices voltadas para a área agrícola asseguram eventuais acidentes ou intempéries climáticas e minimizam prejuízos no campo (Fredox Carvalho)

SIAMIG Bioenergia e ONG Impar lançam Campanha de Prevenção a Incêndios Rurais

Print Friendly, PDF & Email

Na temporada de incêndios, quando a estiagem é mais rigorosa e o ar seco aumenta os riscos de focos de fogo, a Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (SIAMIG Bioenergia), em parceria com o Instituto Mineiro de Preservação Ambiental Rural (IMPAR), lança sua tradicional Campanha de Combate a Incêndios Rurais. Este ano, o mote da campanha é “Seu Descuido Pode Pegar Fogo”. A iniciativa, lançada oficialmente na quarta-feira, 3 de julho de 2024, destaca a importância de atitudes preventivas nas propriedades rurais e nos comportamentos individuais.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), nos primeiros quatro meses de 2024, foram registrados 17.182 focos de incêndio por satélites em todo o país, um aumento de 81% em relação ao mesmo período do ano passado. Este é o maior número de incêndios registrado no Brasil desde o início do monitoramento pelo Inpe em 1999. Segundo as autoridades federais, esse recorde se deve ao agravamento das secas causadas pelas mudanças climáticas e pela ação humana.

O setor bioenergético enfrenta grandes perdas devido a incêndios criminosos no canavial, tanto na colheita quanto na lavoura em crescimento. Entre 2018 e 2019, os prejuízos foram de quase R$ 50 milhões. Em 2023, a cidade de Uberaba, maior produtora de cana-de-açúcar do Brasil, registrou mais de 840 incêndios florestais, e, para evitar que isso continue acontecendo, atitudes precisam ser tomadas. Segundo o gerente de sustentabilidade da SIAMIG Bioenergia, Jadir Oliveira, “A prevenção é o melhor caminho. Implementar estratégias eficazes de monitoramento e controle, junto com campanhas de conscientização, é essencial para reduzir os riscos e minimizar os impactos dos incêndios”, ressaltou.

A Campanha de Combate a Incêndios Rurais de 2024 inclui materiais gráficos, digitais e audiovisuais para disseminar informações sobre os danos causados por incêndios florestais, ações que podem provocá-los e como proceder ao avistar um foco. Além destes materiais, este ano a SIAMIG Bioenergia também participa da campanha da TV Integração, nomeada “Incêndio Zero”. A adesão ao projeto permite alcançar um público ainda maior, aumentando a conscientização sobre a importância da prevenção de incêndios.

Para a gerente de comunicação da SIAMIG Bioenergia, Camila Rocha, “A campanha de comunicação é fundamental para aumentar a conscientização sobre incêndios rurais. Ao utilizar diversas plataformas para informar, engajar e mobilizar a comunidade, buscamos fortalecer a prevenção e proteger o meio ambiente de forma mais eficaz.”

Com essa estratégia, a campanha pretende atingir um público amplo e diversificado, utilizando as mídias digitais e tradicionais, para ampliar sua mensagem sobre a importância da prevenção de incêndios florestais.  SIAMIG Bioenergia

Veja Também

Moagem de cana e vendas de etanol têm altas expressivas em Goiás

O processamento de cana-de-açúcar em Goiás na atual safra cresceu 10,5% até a metade de …