MME

RenovaBio é destaque na Conferência BiodieselBR 2016

Print Friendly, PDF & Email

O secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME, Márcio Félix, destacou nesta quarta-feira (16/11) as ações do RenovaBio – Biocombustíveis 2030, iniciativa em desenvolvimento no Ministério de Minas e Energia (MME) cujo objetivo é garantir a expansão da produção de biocombustíveis no país baseada na previsibilidade, na sustentabilidade ambiental, econômica e financeira, compatível com o crescimento do mercado e em harmonia com os compromissos brasileiros assumidos na COP21. A iniciativa está em debate entre o MME e os diversos segmentos do setor, e deverá entrar em consulta pública em breve.

Félix falou sobre a iniciativa durante a abertura da Conferência BiodieselBR 2016, em São Paulo. O evento é o principal de biodiesel do País e reúne líderes, empresários e representantes de toda a cadeia de produção e comercialização, desde o campo até o consumidor final. A Conferência BiodieselBR é realizada pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e pela União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio).

Durante sua fala, Félix lembrou que a RenovaBio busca, por meio do diálogo e do processo construtivo transparente e participativo, convergências sobre a relevância do biodiesel, do etanol e de novos biocombustíveis no presente e no futuro da matriz energética nacional. O resultado desse processo deverá ser consolidado e disponibilizado para consulta pública até o final do 1º trimestre 2017.

Biodiesel B8 a partir de março de 2017

O Brasil é atualmente o segundo maior produtor e consumidor mundial de biodiesel, com um volume atual de aproximadamente de quatro bilhões de litros anuais. A partir de março do próximo ano, o percentual de biodiesel na mistura com o diesel será de 8% (biodiesel B8), aumento de 14% em relação à mistura B7 em vigor.

Para atender à demanda para B8, estima-se que até 20% da soja produzida na próxima safra será destinada à produção de biodiesel, tendo como coproduto direto a produção de 16 milhões de toneladas de farelo de soja – uma proteína fundamental na criação de aves e suínos. Produzir biodiesel significa um combustível mais limpo.

Ministério de Minas e Energia