Produtores rurais de Goiás podem se inscrever em programa de reflorestamento ambiental

Print Friendly, PDF & Email

CBA lança novo edital do Programa Reflora para apoiar proprietários na recuperação de áreas não-protegidas nos municípios de Barro Alto, Caçu, Itarumã e Niquelândia

 A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) está com inscrições abertas para o novo edital do Programa Reflora, voltado para pequenos e médios produtores rurais interessados em realizar o reflorestamento prioritariamente de Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal (RL), e para médios e grandes proprietários em áreas não-protegidas que estejam degradadas em suas propriedades. Após o sucesso de inscrição do primeiro edital, a Companhia decidiu expandir a abrangência para mais de 30 municípios das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul do país, nesta segunda etapa.

Com a ampliação, o Programa Reflora agora contempla os seguintes municípios: Barro Alto, Caçu, Itarumã e Niquelândia, no estado de Goiás; Cataguases, Descoberto, Itamarati de Minas, Leopoldina, Miraí, Muriaé, Rosário da Limeira, São João Nepomuceno e São Sebastião da Vargem Alegre, em Minas Gerais; Jacarezinho e Ribeirão Claro, no Paraná, e Alumínio, Araçariguama, Avaré, Canitar, Chavantes, Ibiúna, Juquiá, Juquitiba, Mairinque, Manduri, Miracatu, Ourinhos, Piedade, Piraju, Sarutaiá, Tapiraí e Votorantim, no estado de São Paulo.

“Temos o compromisso de incentivar e promover a sustentabilidade e a recuperação ambiental. Queremos ampliar a capilaridade do projeto, contribuindo para a captura de carbono e para a biodiversidade dos biomas Cerrado e Mata Atlântica”, declara Leandro Faria, Gerente Geral de Sustentabilidade da CBA.

Conheça o programa
O Programa Reflora CBA conta com a parceria do Instituto Votorantim e da Reservas Votorantim, que além do fornecimento de mudas de espécies nativas para viabilizar o reflorestamento em áreas degradadas, apoia com a qualificação e metodologia estratégica, por conta de sua expertise em Compensação de Reserva Legal no país.

O Reflora acontece em propriedades de pequenos e médios produtores rurais das áreas de abrangência do edital, em regiões com atuação da CBA. Os inscritos passam por uma seleção prévia para checagem dos pré-requisitos do programa. Todo o fornecimento e plantio de mudas é gratuito e o produtor contará com consultorias da CBA, Instituto Votorantim e Reservas Votorantim.

Os benefícios para o produtor rural incluem: regulação do clima, contenção de taludes e encostas, aumento de fluxo de nascentes e preservação de mananciais, aumento e conservação da biodiversidade, equilíbrio do regime de chuvas, regulação da qualidade do ar, formação e melhora da estrutura do solo e controle de erosões e sequestro de carbono.

“Isso gera um ambiente de valor compartilhado com uma operação sustentável e está em linha com a nossa agenda ESG e estratégia de desenvolver as comunidades com presença CBA, influenciando positivamente toda a cadeia de valor do alumínio. Nesse contexto, atuamos também com as nossas reservas privadas, em especial o Legado das Águas e o Legado Verdes do Cerrado. O projeto ainda fomentará a regularização ambiental dos proprietários participantes frente ao Código Florestal”, reforça Faria.

A seleção das áreas que farão parte do Reflora CBA leva em consideração a situação dos documentos e eventuais passivos das propriedades e de seus proprietários ou posseiros. (Assessoria de imprensa)

Veja Também

Empreendedores no Nordeste levam energia solar a mais consumidores com facilidade de financiamento

Parceria entre a plataforma Meu Financiamento Solar e a Summers Energia viabiliza cerca de dez …