Planta piloto de energia solar da Raízen

Print Friendly, PDF & Email

A Raízen inaugurou a sua primeira planta de painéis fotovoltaicos. O empreendimento, ainda em caráter piloto, está localizado na cidade de Piracicaba, em São Paulo, ao lado da unidade Costa Pinto e terá uma capacidade instalada de energia de 1.3 MWp – o suficiente para abastecer um bairro da cidade por um ano. Inicialmente, o negócio consistirá na locação dos painéis solares pelos parceiros da Raízen, visando à economia de energia elétrica regional e a uma utilização mais sustentável dos recursos energéticos. Dessa forma, a empresa colabora com o desenvolvimento dos seus parceiros, agregando ainda mais valor aos negócios e entregando novas soluções para alguns dos postos da rede, que totalizam mais de 7.000 estabelecimentos e mais de 2.000 clientes B2B, no Brasil. Nessa fase inicial, 18 postos de combustíveis da marca Shell e dois clientes B2B foram mapeados e serão beneficiados com a iniciativa. Com as placas em total funcionamento, estima-se que esses parceiros possam ter uma economia anual nos gastos com energia elétrica mensais entre R$ 5 mil a R$ 10 mil. A planta com 3.800 placas está inserida em uma área de 40 mil metros quadrados, equivalente a dois campos de futebol, o que representa a maior área destinada à energia solar do Estado de São Paulo. Com a operacionalização desse projeto, a Raízen reforça a sua robustez na produção de energias renováveis – cogeração por biomassa, palha de cana e biogás – e passa a ter cerca de 1.01 GW em todo o seu portfólio de energias, o equivalente para abastecer uma cidade do tamanho do Rio de Janeiro durante um ano. (Canal com dados da assessoria de imprensa da Raízen).

Veja Também

Empreendedores no Nordeste levam energia solar a mais consumidores com facilidade de financiamento

Parceria entre a plataforma Meu Financiamento Solar e a Summers Energia viabiliza cerca de dez …