Eliza Bartel

Os prejuízos causados pelas enchentes no Rio Grande do Sul são de bilhões

Print Friendly, PDF & Email

As enchentes no Rio Grande do Sul estão causando prejuízos enormes para o setor agropecuário. De acordo com estimativas da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), as perdas podem chegar a cerca de R$ 3 bilhões. A entidade fez essa avaliação após entrevistar 550 produtores de porte médio do estado. A média de prejuízo por produtor entrevistado fica em torno de R$ 1,4 milhão, incluindo gastos com investimento, arrendamento de terras, comercialização e dívidas. O valor total das perdas deve superar as casa dos 3 bilhões de reais. O presidente da Farsul, Gedeão Pereira, destaca a necessidade de uma solução excepcional por parte do governo federal para enfrentar essa situação de calamidade no Rio Grande do Sul. “Esperamos que as medidas de recuperação e apoio possam ajudar os produtores a enfrentar essa situação desafiadora”, disse. Algumas das principais culturas afetadas são arroz , soja, milho e trigo. Muitas pastagens estão alagadas e isso afeta a produção de carne e leite.

O governo federal implementou alguns programas para apoiar os agricultores afetados pelas enchentes e também a população em geral. Essas ações visam injetar R$ 50 bilhões no estado, principalmente em apoio a famílias, empresas e pequenos agricultores. Pelo menos 3,5 milhões de pessoas serão beneficiadas por essas medidas. Ações anunciadas:

Antecipação do pagamento do abono salarial 2024:

Serão destinados R$ 758 milhões para beneficiar 705 mil trabalhadores com carteira assinada no Rio Grande do Sul. O abono salarial é um benefício anual concedido a trabalhadores e servidores que atendem aos requisitos do programa.
Duas parcelas adicionais do seguro-desemprego:

O governo liberará R$ 495 milhões para desempregados que já vinham recebendo o benefício antes da decretação do estado de calamidade. Cerca de 140 mil trabalhadores formais desempregados serão beneficiados.
Crédito diferenciado para empresas e pequenos agricultores:

O pacote inclui linhas de crédito para ajudar empresas e produtores rurais a se recuperarem das perdas causadas pelas enchentes.
Recuperação de estradas vicinais:

O governo vai investir na reabilitação das estradas para facilitar o escoamento da produção agrícola e o acesso às áreas afetadas. Canal-Jornal da Bioenergia

Veja Também

Crédito: Anwar Attar/iStock

Por que aderir ao bombeamento solar na agricultura?

Bombeamento solar é uma forma sustentável de inovar na agricultura Para quem busca inovação sustentável …