Pela primeira vez, o simulado de abandono envolveu também a área corporativa da margem esquerda. No total, mais de 1.400 pessoas participaram da simulação que envolveu a coordenação de áreas com Segurança do Trabalho, Segurança Empresarial, Informática, Serviços Gerais e Diretoria Técnica.

Ônibus elétrico será utilizado no transporte dos empregados da Itaipu

Print Friendly, PDF & Email

A Itaipu Binacional realiza, na quarta-feira (21), sessão pública do leilão eletrônico para contratação de serviço de transporte coletivo de empregados, colaboradores e atendimentos especiais, com uso de um ônibus elétrico. Os interessados podem obter mais informações sobre o processo e requisitos no Portal de Fornecedores da Itaipu (https://portaldofornecedor.itaipu.gov.br). A ideia é substituir um dos 21 ônibus da frota da Itaipu por um modelo elétrico.

A adoção do ônibus elétrico permitirá à empresa avaliar o desempenho do veículo em termos de autonomia, eficiência energética e adaptação às necessidades dos empregados. Além disso, o estudo levará em consideração a infraestrutura de recarga necessária para suportar a frota de ônibus elétricos em potencial, incluindo as melhores práticas de implementação.

Embora a transição completa para uma frota de ônibus elétricos possa levar algum tempo, em virtude da disponibilidade dos ônibus e da infraestrutura necessária, a introdução do primeiro veículo elétrico é uma iniciativa que está alinhada aos Princípios do Pacto Global da ONU.

Essa iniciativa representa o primeiro passo em direção à implantação total de ônibus elétricos no transporte coletivo na empresa, alinhada às metas de sustentabilidade da empresa e às diretrizes do Governo Federal, que valoriza a transição para uma matriz energética mais limpa e a redução das emissões de carbono no setor de transportes.

Segundo o diretor administrativo da Itaipu, Iggor Gomes Rocha, o objetivo da iniciativa é “dar um claro sinal para a sociedade de que é possível, em pouco tempo, termos alternativas viáveis ao modelo atual e contribuirmos para a redução dos poluentes. Isso é também, ao nosso ver, papel de Itaipu” afirmou.

Para o assessor de Energias Renováveis, Guilherme Amintas, a medida “é um passo importante para avaliar os benefícios e desafios do uso de ônibus elétricos, visando uma futura implantação em larga escala na sociedade, que contribua para a sustentabilidade ambiental e a redução das emissões de gases de efeito estufa”.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, 2,9 bilhões de MWh. Em 2022, foi responsável por 8,6% do suprimento de eletricidade do Brasil e 86,3% do Paraguai. A empresa tem como missão “Gerar energia elétrica de qualidade com responsabilidade social e ambiental, contribuindo com o desenvolvimento sustentável no Brasil e no Paraguai.” Divulgação Itaipu

Veja Também

Usina Uruaçu distribuí peixes para colaboradores

Projeto “Peixes para todos” da unidade goiana entregou mais de sete toneladas A Uruaçu Açúcar …