Unica

Minas Gerais tem recorde de produção de cana-de-açúcar na safra 2023/24

Print Friendly, PDF & Email

Foram processadas 74,8 milhões de toneladas de cana, 13,7% acima do volume observado em igual período no ano passado, consagrando um recorde histórico de moagem para a atual safra, de acordo com os dados da SIAMIG – Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais.

A produção de açúcar alcançou a marca de 5,19 milhões de toneladas, representando um aumento de 16,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Na segunda quinzena de outubro, foram produzidas 286 mil toneladas de açúcar, um salto de 47% em comparação com o mesmo período da safra anterior.

A fabricação de etanol total alcançou 3,08 bilhões de litros, um aumento de 11% em relação ao mesmo período do ano passado. O etanol hidratado alcançou 1,8 milhões de metros cúbicos, enquanto o etanol anidro atingiu 1,2 milhões de metros cúbicos, representando incrementos de 12,9% e 7,6%, respectivamente, em comparação com o mesmo período da safra 2022/23.

O mix de produção acumulado mostra uma tendência de 51% para o açúcar, registrando um aumento de 1 pontos percentuais em relação à safra anterior.

Mário Campos, presidente da SIAMIG, destaca os números recorde de produção de cana nesta safra em Minas Gerais. Com previsão de ultrapassar 76 milhões de toneladas, devido à operação contínua de várias usinas, Campos ressalta os múltiplos fatores que impulsionaram esse sucesso, incluindo o aumento da produtividade agrícola e a qualidade da matéria-prima que se manteve o mesmo da última safra, o que são resultados impressionantes.  Comunicação SIAMIG

Veja Também

FOTO: CNA

Como é a produção de etanol de cana e de milho? Para o carro há diferenças ?

Com cada vez mais espaço no mercado nacional de biocombustíveis, o etanol feito a partir …