Fredox Carvalho

Mecanização trouxe de volta o fantasma das pragas e doenças?

Print Friendly, PDF & Email

A mecanização do plantio e da colheita da cana-de-açúcar trouxe uma série de mudanças na área agrícola das usinas. Entre elas, as usinas tiveram que lidar com uma queda na produtividade dos canaviais, compactação do solo e também tornou o ambiente propício para proliferação de pragas e doenças. É que a palha da cana, matéria orgânica deixada no campo após a colheita, fez a umidade aumentar e, assim, se tornar ideal para alguns fungos e insetos, como a mosca dos estábulos, por exemplo.

Esse é um dos assuntos que será discutido na Sala de Mecanização do 9º Congresso Nacional da Bioenergia. Diretor da Dalplan, o palestrante e moderador da sala, Luiz Carlos Dalben explicou que a colheita da cana crua mudou a biologia dos canaviais. “Quando queimávamos a cana, eliminávamos a matéria orgânica e a umidade do solo era menor, não tínhamos na lavoura uma condição muito propicia para o desenvolvimento de algumas pragas, como cigarrinha, sphenophorus, cupins e outros insetos. Atualmente, temos na lavoura um ambiente propicio para o desenvolvimento de pragas que anteriormente eram pouco expressivas”, afirmou Dalben.

No segundo dia do evento (10 de novembro), o pesquisador da Embrapa, Paulo Henrique Duarte Cançado vai palestrar, no painel V, sobre “Como conviver com a mosca dos estábulos com a colheita mecanizada”. No painel VI, os congressistas vão acompanhar estudos de caso das Usinas Cocal e Odebrecht Agroindustrial sobre esse tema.

Na Sala de Mecanização também serão discutidos assuntos como otimização da frota e ganhos operacionais com redução de custos, espaçamentos alternados, técnicas de plantio e alta performance dos canaviais. Nos painéis II e III, Dalben vai palestrar sobre a “Otimização das técnicas de plantio em espaçamentos diversos com adequação de bitolas das plantadoras e distribuição de mudas”. Ele disse que o assunto ainda gera muitas dúvidas e resistência. “O plantio mecanizado, eu considero uma operação mais difícil. Há muita resistência ainda, mas é um caminho sem volta, os problemas são transponíveis e a insistência técnica e custos de plantio irão acelerar este processo”, afirmou o Diretor.

No painel IV, ele vai abordar o tema: “Colheita mecanizada em espaçamentos alternados com alta performance operacional e redução de perdas de matéria-prima”. Dalben explicou que isso é possível com o uso de tecnologias como GPS, piloto automático, formação de pessoal e preparo de solo adequado para o tipo de espaçamento que será utilizado.

Programação

O 9º Congresso Nacional da Bioenergia será nos dias 9 e 10 de novembro no campus do UniSalesiano, em Araçatuba/SP. Ao todo, serão 12 salas temáticas das áreas Administrativa/Financeira; Agrícola; Comunicação; Controladoria, Planejamento e Custos; Direito do Agronegócio; Industrial; Mecanização; Mercado, Comercialização e Logística; Recursos Humanos; Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho; Suprimentos e Tecnologia da Informação.

Para saber mais sobre o evento, temas que serão abordados e palestrantes, acesse a página do Congresso Nacional da Bioenergia clicando aqui. Mais informações nos contatos (18) 2103-0528 ou uniudop@udop.com.br.

Inscrições

Neste ano a UniUDOP está oferecendo descontos especiais para fornecedores de cana-de-açúcar, através da parceria com a Orplana. Associadas UDOP têm direito a 17 inscrições isentas cada.

Apoio e realização

O 9º Congresso Nacional da Bioenergia é realizado pela UniUDOP e promovido pela UDOP. O Congresso tem o apoio master do BNDES. Apoiam este evento as empresas: Bayer CropScience, Beta Renewables, CaseIH, CTC, Deloitte, Doble TT do Brasil, Ensite, FMC, GE, Helamin, Netafim, Novozymes, Odebrecht Agroindustrial, Raízen, Syngenta, Valtra, Vignis.

O Congresso também conta com o apoio institucional da Abag, Alcopar/Sialpar/Siapar, Biosul, Fórum Nacional Sucroenergético, Orplana, Siamig, Sifaeg, Sindalcool/MT, Unica, e Unisalesiano.

Atuam como mídias parceiras: Canal – Jornal da Bioenergia, CanaOnline, Revista Canavieiros, Jornal Paraná, Revista Opiniões, Revista RPA News e Revista Terra&Cia.

Serviço:

9º Congresso Nacional da Bioenergia
Data: 9 e 10 de novembro
Local: Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium – UniSalesiano
Rod. Senador Teotônio Vilela, 3.821, km 8,5 – Jardim Alvorada – Araçatuba/SP
Inscrições: no portal UDOP (www.udop.com.br) ou clicando aqui
Mais informações: (18) 2103-0528 ou uniudop@udop.com.br

 

 

 

Udop