Máquina transforma palha da cana-de-açúcar em bioeletricidade

Print Friendly, PDF & Email

Foi inaugurada a mais nova tecnologia do CTC – Centro de Tecnologia Canavieiro, o Palha Flex. Trata-se de uma inovação tecnológica para o recolhimento e processamento da palha da cana-de-açúcar para geração de bioeletricidade. “O Palha Flex é uma solução sustentável de produção de energia. Por meio deste processo, as usinas terão a biomassa necessária para a cogeração de energia elétrica adicional ou o Etanol de Segunda Geração (E2G) ”, explica Viler Correa Janeiro, diretor de Negócios do CTC.

A Usina Ferrari por meio da tecnologia do Palha Flex será capaz de processar 100.000 toneladas de biomassa adicional durante a safra, as quais, em termos médios, poderiam produzir energia elétrica adicional para abastecer uma cidade de aproximadamente 125 mil habitantes, praticamente o dobro da cidade de Pirassununga (São Paulo), por exemplo. “O Palha Flex tem uma importância econômica muito grande, pois a palha que até então ficava no campo será utilizada como matéria prima para produção de energia elétrica, aumentando a nossa receita e contribuindo para a segurança energética da região e do País”, afirma Antônio Previte, diretor financeiro do Grupo Ferrari. Dada a atual crise de abastecimento energético, esta seria uma importante solução capaz de mudar o cenário em que vivemos. “Ao desenvolver este projeto, vimos que o mercado necessitava de uma tecnologia robusta e completa para o processamento adequado dessa biomassa. Nosso desafio é multiplicar essa tecnologia para outras usinas e regiões”, finaliza Henrique D´Avila, especialista de negócios do CTC. Centro de Tecnologia Canavieira

Veja Também

Abertura da Safra de Cana-de-Açúcar em Minas Gerais em Uberaba

A Companhia Mineira de Açúcar e Álcool (CMAA) em conjunto com a SIAMIG Bioenergia têm …