Fórum Nacional Sucroenergético elege nova diretoria

Print Friendly, PDF & Email

Mário Campos e Renato Cunha foram eleitos presidente e vice-presidente do Fórum Nacional Sucroenergético – FNS – na quinta-feira (29/07). Pelos próximos dois anos os dois irão comandar o FNS, a entidade nacional do setor com sede em Brasília, que contempla representações estaduais de 15 estados produtores de cana, açúcar, etanol e bioeletricidade do Brasil.

Presidente da Siamig, entidade representativa do setor em Minas Gerais, Mário Campos substituirá André Rocha, presidente do Sifaeg de Goiás, que realizou por quatro gestões grande trabalho com diversas conquistas para o setor, como o aumento da mistura de etanol anidro na gasolina para 27% e a aprovação da Política Nacional de Biocombustíveis, o RenovaBio.

Mário Campos afirma que, “o setor tem grandes potenciais, mas muitos desafios. Ressalto a discussão da Reforma Tributária com a defesa do diferencial tributário entre etanol e gasolina e também a discussão referente a mobilidade sustentável do futuro com a afirmação dos biocombustíveis como alternativa eficiente e ambiental para o país e para boa parte do mundo. Continuaremos na defesa do setor e procuraremos incluí-lo ainda mais na agenda ESG, sempre dialogando com o setor público e com a sociedade mostrando a importância para o Brasil em ter um setor agrícola e agroindustrial eficiente e produtor de riquezas como o setor sucroenergético.”

A posse da nova diretoria ocorrerá na próxima segunda durante a abertura do 14º Congresso Nacional da Bionergia (https://www.udop.com.br/congresso/ ) organizado pela UDOP, uma das entidades representativas que compõem o FNS. Comunicação  Siamig