Unica

Estimativa da produção de cana-de-açúcar em Goiás é destaque

Print Friendly, PDF & Email

Goiás deve colher 73,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2021/2022, ocupando o posto de segundo maior produtor nacional. Os dados são da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e enfatizados na publicação Agro em Dados, do mês de junho, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

Segundo o boletim, o Estado deve ser responsável por 11,7% da produção nacional de cana-de-açúcar, e tem produtividade média estimada de 76,3 toneladas por hectare, o que representa aumento de 0,2% em relação ao ano anterior. Com isso, a estimativa do Valor Bruto de Produção (VBP) da cana-de-açúcar é de R$ 8,9 bilhões para o ano de 2021.

“É uma cultura importante e estratégica para Goiás”, avalia o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça. “O Estado figura como segundo maior produtor de cana-de-açúcar do País e sua destinação, tanto para a produção de açúcar, quanto para a produção de álcool, mostra que o incentivo ao setor traz geração de emprego e também renda, uma vez que movimenta o setor industrial e também contribui na balança comercial goiana”, salienta.

Açúcar
Em relação à produção de açúcar no Estado, o boletim traz dados de estimativa de produção de 2,4 milhões de toneladas na safra 2021/2022. O Estado deve ser o quarto maior produtor de açúcar e participa com 6,3% da produção nacional.

Quanto às exportações, o Estado é o quinto maior exportador nacional, com um total de 76,7 milhões de dólares no acumulado de janeiro a abril. Os principais destinos são Indonésia (20,7%), Marrocos (15,2%) e Nigéria (12,1%).

Álcool
A produção de etanol a partir de cana-de-açúcar deve chegar aos 4,6 bilhões de litros na safra 2021/2022, tendo Goiás como segundo maior produtor nacional. As exportações, até agora, de janeiro a abril, somam 11,6 milhões de dólares e representam 13,2% das exportações do Complexo Sucroalcooleiro.

A maior parte do total exportado foi destinada à Coreia do Sul (86,1%). Aparecem, ainda, entre os compradores os Estados Unidos (8,8%), China (4,8%) e Austrália (0,3%).

O boletim Agro em Dados do mês de junho também traz como destaques números relativos à pecuária goiana, produção de leite, suinocultura e avicultura, produção de milho e cana-de-açúcar, além de informações relacionadas às ações das jurisdicionadas da Seapa – neste mês, destaque para a Ceasa. O boletim é produzido e distribuído gratuitamente de maneira digital no site da Seapa (www.agricultura.go.gov.br).

Acesse o boletim Agro em Dados de junho: https://www.agricultura.go.gov.br/files/AgroemDados21/JUNHO2021-AGROEMDADOS.pdf  Seapa