Entrevista/Flávio Henrique-Chefe do Departamento Técnico do Senar Goiás

Print Friendly, Pdf &Amp; Email

Flávio é engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal de Goiás, Pós-Graduado em Gestão do Agronegócio pela Faculdades Associadas de Uberaba (FASU). Atuou como multiplicador nacional do Programa Empreendedor Rural, Consultor e Instrutor do Senar e Sebrae. Hoje atua como Gestor do Departamento Técnico do Senar Goiás.

Quais dificuldades no que se refere à capacitação profissional não foram superadas em 2015?

Todo o setor agropecuário sofreu com a crise econômica e política que ainda estamos vivendo. Isso mexe com a confiança e atrapalha o planejamento de médio e longo prazo das empresas rurais. No que tange à capacitação profissional, não observamos diminuição do interesse dos produtores e trabalhadores rurais em buscar cursos e treinamentos. O Senar Goiás teve um crescimento de quase 20% no número de ações em comparação ao ano de 2014.

Quais as expectativas do Senar para 2016?

As palavras que devem marcar a atuação do Sistema Faeg/Senar em 2016 são: Resiliência e Protagonismo. Sabemos que os períodos de crise são solo fértil para a inovação e superação de dificuldades nas instituições.

Dessa forma, estamos atentos a qualquer movimento do setor agropecuário para responder a contento às demandas relacionadas a capacitação e aperfeiçoamento da mão de obra.

Quais serão as novidades do Senar em 2016?

Como novidade, teremos a estratégia da educação continuada e produção assistida. Levaremos a Assistência Técnica e Gerencial para milhares de propriedades rurais. Também daremos continuidade na educação formal com abertura de novos polos da Rede E-Tec com  o Curso Técnico em Agronegócio e Ensino à Distância. Iniciaremos, ainda, as etapas de capacitação de produtores e assistência técnica no Projeto ABC Cerrado. Serão trinta turmas e vinte grupos de produtores que receberão a assistência técnica. As tecnologias contempladas serão Recuperação de Pastagens Degradadas, Plantio Direto, Integração Lavoura / Pecuária / Floresta e Floresta Plantada.

O que o mercado agrícola deverá demandar mais em termos de capacitação agora em 2016?

Estamos prevendo um interesse maior para cursos e treinamentos relacionados à agricultura e pecuária de precisão e ações relacionadas à responsabilidade socioambiental.

Canal-Jornal da Bioenergia

 

Veja Também

Poucos Estados Brasileiros Monitoram A Qualidade Do Ar - 8

Poucos estados brasileiros monitoram a qualidade do ar

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou novas diretrizes globais sobre a qualidade do ar, …