Cooper-Rubi mantém certificação FSSC 22000

Print Friendly, PDF & Email

A Cooper- Rubi, usina em Rubiataba, no Vale do São Patrício, passou por auditoria de manutenção da certificação internacional FSSC 22000. A inspeção foi realizada entre os dias 5 a 7 de junho de 2023 pela certificadora Rina Brasil, que não registrou nenhuma não conformidade. A sigla FSSC significa “Food Safety System Certification”, traduzida em “Certificação de Sistema de Segurança dos Alimentos”. A unidade tem a certificação desde 2016.

A auditoria realizada foi de todo o Sistema de Gestão de Segurança de Alimentos, incluindo Boas Práticas de Fabricação (BPF) e Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC). De olho na qualidade, a Cooper-Rubi associa a melhoria contínua do processo e passa por frequentes auditorias externas, garantindo que os procedimentos sejam realizados de acordo com as normas através de sua sistemática.

Para assegurar a qualidade e a segurança dos alimentos do açúcar é fundamental que todos os envolvidos nas atividades trabalhem para manter a integridade e segurança do produto. “Essas auditorias externas abrangem também as oportunidades de melhorar continuamente os seus sistemas e os padrões de desempenho que precisam ser aperfeiçoados para atender aos requisitos dos clientes”, explica a engenheira de alimentos da usina, Anna Flavielle Gomes de Azevedo. (Assessoria de imprensa)

Veja Também

Empreendedores no Nordeste levam energia solar a mais consumidores com facilidade de financiamento

Parceria entre a plataforma Meu Financiamento Solar e a Summers Energia viabiliza cerca de dez …