Bioeletricidade segue avançando no Brasil

Print Friendly, PDF & Email

A bioeletricidade segue batendo recordes de produção ano após ano no Brasil. Ano passado a marca foi de quase 30 mil GWh de geração centralizada para a rede, representando um crescimento de 14,6% em relação a 2022. Segundo a Unica, União da Agroindústria Canavieira, esse desempenho foi influenciado pela safra de cana-de-açúcar, que aumentou 18,76% na região Centro-Sul. Segundo Zilmar José de Souza, Doutor em engenharia de produção e pós-doutor em economia, no acumulado da safra 23/24, a moagem na região Centro Sul atingiu 644,14 milhões de toneladas de cana entre 1º de abril de 2023 e 1º de janeiro de 2024, ante 542,39 milhões de toneladas registradas no mesmo período no ciclo 22/23 – um avanço de 18,76%. O especialista diz ainda que a bioeletricidade ofertada para a rede no ano passado foi estratégica para o setor elétrico brasileiro, sendo equivalente a atender por dois meses o consumo integral de energia elétrica da indústria brasileira em 2023 ou suprir todo o consumo de energia elétrica da região Centro-Oeste por mais de oito meses.

Os maiores produtores

Os estados que mais produzem bioeletricidade da biomassa no Brasil são: São Paulo: 42,6% do total da geração da bioeletricidade para a rede, Mato Grosso do Sul: 12,8%, Paraná: 11%, Goiás: 10% e Mato Grosso: 2,2%.
Esses cinco estados respondem por 90,5% da produção de bioeletricidade da biomassa no país. Vale ressaltar que a bioeletricidade pode ajudar na mitigação das mudanças climáticas de várias formas, como:

*Diminuindo a queima de combustíveis fósseis, que são fontes de energia não renováveis e que emitem gases de efeito estufa para a atmosfera.
*Sequestrando e armazenando carbono da atmosfera, através do uso de tecnologias de captura e armazenamento de CO2 (BECCS).
*Reduzindo o desmatamento e a degradação do solo, ao utilizar resíduos agrícolas e florestais como matéria-prima para a geração de energia.
*Promovendo a diversificação da matriz energética, ao oferecer uma fonte de energia renovável, limpa e estratégica para o país.

Canal-Jornal da Bioenergia

Veja Também

A reação tardia do açúcar e a demanda sazonal; confira análise da hEDGEpoint

Os preços do Mercado bruto se aproximaram do nível de retração de Fibonacci de 50% …