Unidade Eldorado, da Atvos, completa 17 anos de atividade no MS Crédito - Divulgação

Atvos celebra 17 anos de atividades em Mato Grosso do Sul com novos recordes de produtividade

Print Friendly, PDF & Email

Localizada em Rio Brilhante, Unidade Eldorado foi a primeira da companhia no estado, gera mais de 4 mil empregos diretos e indiretos e impulsiona o desenvolvimento socioeconômico e ambiental da região

Nesta quinta-feira, dia 20, a Unidade Eldorado (UEL) da Atvos, uma das principais empresas de biocombustíveis do país, completa 17 anos de operação. A data é significativa porque, além da planta agroindustrial ter sido pioneira para a atuação e a expansão da companhia em Mato Grosso do Sul, hoje, a usina é um importante agente econômico, social e ambiental para o desenvolvimento do município de Rio Brilhante, onde está inserida, e das cidades do entorno, como Deodápolis, Glória de Dourados e o distrito de Ipezal.

Esse impacto é sentido diariamente pela população da região, que além de participar das diversas iniciativas que a UEL promove em prol das comunidades, usufrui de avanços em setores-chave como saúde, educação, cultura e meio ambiente com as parcerias locais. E é amplamente beneficiada com a geração de 4,2 mil empregos diretos e indiretos nas áreas agrícola, industrial e administrativa.

“Sem dúvida, é motivo de orgulho e satisfação poder contribuir para a evolução do município de Rio Brilhante diariamente nesses últimos 17 anos. Desde o início, fomos recebidos de braços abertos, por isso, levamos a sério o compromisso de continuar com investimentos sustentáveis e de longo prazo na região para acelerar o desenvolvimento econômico, social e ambiental do município. Acreditamos que somente assim conseguiremos seguir com o nosso propósito de gerar energia limpa que move o mundo e transforma vidas”, garante Danilo Bertoli, diretor regional do Polo Sul da Atvos.

Em 2006, quando foi inaugurada, a UEL foi a 10ª indústria a ser implantada em Mato Grosso do Sul. A usina começou com um parque industrial de 80 hectares e uma área de 16 mil hectares de canavial e, no seu primeiro mês de operação, chegou a produzir 600 mil litros de etanol por dia, com a produção de açúcar para exportação sendo iniciada no ano seguinte. Atualmente, sua capacidade de moagem é de 4,1 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, o que possibilita a produção de cerca de 180 mil toneladas de açúcar VHP, e de 307 milhões de litros de etanol, além da cogeração de 606 GWh de energia elétrica limpa.

Recordes de produtividade na safra 2023/2024

A comemoração do aniversário de 17 anos da Unidade Eldorado da Atvos, em Rio Brilhante, está sendo ainda mais especial para a companhia porque, desde os primeiros meses desta safra 2023/2024, a operação tem alcançado novos recordes de produtividade. Entre eles, está a produção de etanol anidro, que atingiu a marca de 1.088.781 litros por dia ante 1.011.649 litros registrados em 2016. Já a produção de açúcar VHP bateu a marca de 1.420,555 toneladas diárias, que foram armazenadas em 28.411 sacas de 50 kg, enquanto o recorde era de 1.418,118 toneladas, registrado em 2022. A expedição de açúcar VHP atingiu a liberação de 2.154,500 toneladas em um dia, com 58 veículos carregados; sendo que a marca anterior era de 1.919,900 toneladas transportadas por 50 veículos, em 2022.

“Esses resultados somente foram possíveis porque a cultura do trabalho em equipe da Atvos está cada vez mais presente entre os times, que com muita garra, colaboração e dedicação, têm se superado e conquistado recorde atrás de recorde”, comemora Bertoli.

Ações nas comunidades do entorno

No primeiro semestre de 2023, a UEL qualificou 25 mulheres em processos agrícolas para atuar no setor sucroenergético em Mato Grosso do Sul, contribuindo assim para a inserção feminina no mercado de trabalho. Voltado exclusivamente para esse público, o curso foi conduzido pelas equipes de multiplicadores da usina e da Unidade Santa Luzia, e formou 13 moradoras de Nova Alvorada do Sul (MS) e 12 de Deodápolis (MS). As boas práticas de equidade de gênero implementadas pela Atvos foram reconhecidas pelo governo do Estado, que, neste ano, concedeu, pela segunda vez, o Selo Social “Empresa Amiga da Mulher” à Unidade Eldorado e, pela primeira vez, à Unidade Santa Luzia.

Ainda sobre Diversidade & Inclusão, um dos pilares primordiais da companhia, a unidade iniciou a segunda turma de aprendizes composta exclusivamente por pessoas com deficiência em Mato Grosso do Sul. As aulas iniciaram no primeiro semestre deste ano e expectativa é formar, em 2024, 16 moradores de Glória de Dourados (MS) para atuarem como assistentes administrativos. O objetivo da capacitação é preparar este público para o mercado de trabalho no setor sucroenergético ou no agronegócio como um todo.

Na área ambiental, a UEL é participante ativa de eventos regionais que promovem a conscientização sobre a importância da preservação do meio ambiente e sustentabilidade. Neste ano, esteve presente na segunda edição da Feira Ecológica de Deodápolis (MS) com um estande onde colaboradores da companhia informaram alunos de escolas públicas e de universidades do município sobre os subprodutos da usina, explicando toda a sustentabilidade do processo produtivo. Além disso, as equipes realizaram uma exposição dos uniformes da brigada de incêndios e de equipamentos de proteção individuais (EPIs) de atuação contra o fogo, e realizaram um simulado de mesa para demonstrar como ocorrem as queimadas, quais os tipos de combustíveis inflamáveis e como é feito o combate de forma segura, apoiando as autoridades competentes locais, como Bombeiros (193) e Defesa Civil (199).  (Assessoria Atvos)

Veja Também

André Rocha assume Presidência da Fieg

André Rocha, Presidente-Executivo do Sifaeg e do Sifaçúcar, assumiu hoje (05) a presidência da Federação …