Ano de 2024 terá teste de clones de cana até 12% mais produtivos

Print Friendly, PDF & Email

O Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) vem desenvolvendo clones de variedades de cana-de-açúcar com potencial para entregar uma produtividade de até 14 toneladas de açúcar por hectare. De acordo com o Centro, os clones estarão em testes ao longo do ano que vem e devem, após aprovação, estarem disponíveis na safra 2025/26. “Hoje, temos variedades com potencial produtivo que pode chegar a 12,5 toneladas de açúcar por hectare”, disse a CFO da empresa, Denise Francisco, em recente entrevista ao Globo Rural. Na prática isso é um avanço de 14% quando a nova tecnologia chegar ao mercado.

Essa cana-de-açúcar além de mais produtiva será mais resistente a insetos, ervas e fungos e mais tolerante a herbicidas. Melhoramento genético é um dos caminhos para que as usinas sucroenergéticas possam ter melhores condições de produzir o açúcar e o etanol para futuros aumentos de demanda. E essa demanda tem tudo para crescer já que existem planos das montadoras para aumentar a produção de automóveis híbridos flex e do uso do etanol como propulsor do hidrogênio para carros a célula de combustível – além do projeto do governo federal de aumentar a mistura na gasolina de 27% para 30%. O etanol também é estudado como matéria-prima para o combustível sustentável de aviação (SAF, na sigla em inglês) e para uso em navios.

Canal-Jornal da Bioenergia

 

Veja Também

CNA e entidades fecham acordo sobre repasse de CBIOs

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e entidades do setor sucroenergético fecharam …