Home » Usinas » Pesquisa no setor sucroenergético: nova chamada do Programa BIOEN
Foto:Eduardo Cesar/Revista Pesquisa FAPESP)

Pesquisa no setor sucroenergético: nova chamada do Programa BIOEN

Print Friendly, PDF & Email

A FAPESP anunciou uma nova chamada de propostas para o Programa de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN). A chamada está aberta a propostas nas modalidades de Auxílio à Pesquisa – Regular, Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático e Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes.

Tendo em vista a análise por assessoria internacional, as propostas devem ser redigidas em inglês.

Orientado à pesquisa básica e aplicada sobre Bioenergia, o Programa BIOEN foi criado em 2008 e, desde então, organizou uma rede de pesquisa que conduz estudos em cinco divisões: 1) Biomassa para bioenergia (com foco em cana-de-açúcar); 2) Processo de fabricação de biocombustíveis; 3) Biorrefinaria e alcoolquímica; 4) Aplicações do etanol para motores automotivos; 5) Pesquisa sobre impactos socioeconômicos, ambientais e uso da terra.

Os resultados até aqui alcançados constituem base sólida que poderá sustentar o desenvolvimento de propostas com abordagem inovadora e conduzir a grandes avanços. Objetivo igualmente importante é o de preencher lacunas no conhecimento fundamental para que o país possa progredir na exploração da biomassa como importante fonte de energia renovável. Para isso, um dos objetivos da nova chamada é aumentar a integração da pesquisa já existente sobre o tema. Serão valorizadas abordagens multidisciplinares, que estimulem sinergias, criem massa crítica em diferentes subáreas e garantam que os esforços de pesquisa e inovação em bioenergia tenham impacto e abrangência.

É especialmente importante para o BIOEN atrair jovens pesquisadores em áreas de ponta e gerar parcerias internacionais, que deverão diversificar as áreas de atuação do programa e atrair o interesse de comunidade ainda maior – aqui incluídas tanto a indústria nacional como a internacional – pela pesquisa nele conduzida.

Os temas da chamada são:

Pesquisa básica para avançar o conhecimento em bioenergia.
Pesquisa para o aumento da produtividade e do tempo de operação de usinas de bioetanol, bioeletricidade e desenvolvimento de biorrefinarias.
Novas práticas agronômicas em cana-de-açúcar para aumento de produtividade e sustentabilidade.
Melhoramento genético da cana-de-açúcar.
Etanol celulósico, produção integrada de coprodutos e energia na usina.
Bioeletricidade e biomassas fora da rota dos combustíveis líquidos.
Pesquisa para ampliar e diversificar as fontes de biomassa para bioenergia.
Pesquisa sobre logística em produção de biomassa.
Biocombustível para aviação e veículos pesados.
Pesquisa sobre os impactos ambiental, social e econômico da expansão da produção de cana-de-açúcar e de outras fontes de biomassa para bioenergia.
As propostas serão recebidas até 24 de novembro de 2017.

A chamada está publicada em: www.fapesp.br/11201.

 

 

 

FAPESP