Divulgação MME

Setor industrial e o consumo de energia

Print Friendly, PDF & Email

O setor industrial é tradicionalmente um dos maiores consumidores de energia no Brasil, sendo responsável por aproximadamente 30% do consumo energético total do país. Em 2023, o consumo de energia elétrica do setor industrial no Brasil apresentou variações ao longo do ano. No primeiro trimestre, houve um aumento de 1,8% no consumo industrial de eletricidade em comparação com o mesmo período do ano anterior. No entanto, em julho de 2023, o setor industrial experimentou uma queda de 0,7% no consumo de energia elétrica em relação ao ano anterior, influenciado principalmente pelos setores químico, minerais não metálicos e têxtil.

Mesmo que tenha havido um aumento geral no consumo de energia pelo setor industrial, também houve períodos de retração, destacando a dinâmica e as diferenças de consumo energético longo do ano. No mercado livre, onde as grandes indústrias e grupos empresariais podem escolher o fornecedor, houve aumento em onze dos 15 setores que têm acesso a esse mercado. Quase todos os estados registraram um aumento no consumo ano passado em relação a 2022. Destaque para   o Maranhão (33,8%), Acre (11,2%) e Mato Grosso (9,6%).

Economizar energia nos processos de produção

Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), há um potencial de economia de energia nas indústrias de cerca de 10,9% em média, dividido entre 11,1% no consumo térmico e 9,8% em eletricidade. Para economizar energia em processos industriais, muitas empresas estão adotando várias estratégias e práticas como aproveitar ao máximo a luz do dia, mantendo as janelas limpas e usando materiais translúcidos em fachadas e coberturas para reduzir a necessidade de iluminação artificial e aplicando isolamento térmico em processos que envolvem perda de calor para reduzir o consumo energético. Outra medida eficaz e fundamental tem sido a adoção de equipamentos mais modernos e com alta eficiência energética. Além disso, a manutenção preventiva é essencial,  com manutenção periódica em sistemas de ar-condicionado e maquinário para garantir que operem com eficiência máxima. Indústrias de maior porte já investem elevados recursos em automação e controle, implementando sistemas de automação para otimizar o uso de energia. Canal

Veja Também

Aumento da temperatura global pode gerar inflação de alimentos de até 3,2% ao ano

Estudo publicado em março na revista Communications Earth & Environment aponta que a pressão inflacionária sobre os alimentos no …