Portal Solar chega a 100 franqueados de energia solar com modelo de trabalho remoto

Print Friendly, PDF & Email

Empresa recebe uma média de cerca de 820 candidatos por mês

O Portal Solar, franqueadora de energia solar fotovoltaica, acaba de atingir a marca de 100 unidades vendidas em apenas seis meses de operação no segmento de franquias. A empresa, que nasceu como o primeiro portal de energia solar do Brasil – e hoje é ainda, o maior – iniciou as vendas de franquias em maio deste ano e já em setembro chegou a 50 unidades.

“Não temos dúvida que temos o melhor modelo de franquia de energia solar do Brasil. Chegar a 100 franqueados é motivo de comemoração, fruto de um trabalho que iniciamos há 2 anos. Investimos R$ 6 milhões na estruturação do negócio e devemos investir mais R$ 30 milhões na nossa expansão. Nossa meta é chegar a 500 franquias”, disse o CEO do Grupo Portal Solar, Rodolfo Meyer.

Com apenas sete meses de operação, o sistema de franquia da empresa tem recebido um grande volume de interessados. Mensalmente, o Portal Solar recebe uma média de cerca de 820 candidatos entre empreendedores, profissionais liberais e formais em busca de um sonho.

“Nosso trabalho é transformar sonhos em realidade. Muitas vezes o nosso franqueado está investindo a economia de toda uma vida e por isso sabemos da responsabilidade que temos de garantir o melhor suporte para que ele tenha sucesso”, afirmou o diretor do Portal Solar Franquia, Felipe Sapucahy.

Para se tornar um franqueado, é necessário um investimento de R$ 30 mil, que inclui taxa de franquia, treinamento e enxoval, que contém EPIs, uniformes, um drone e material inicial de Marketing. O modelo de negócio da empresa permite que o franqueado atue na própria residência, já que a loja física, por hora, é opcional.

Outra vantagem é a ausência de necessidade de estoque, pois a logística para a entrega dos equipamentos é coordenada pela própria sede da franqueadora em São Paulo, que possui equipe dedicada para acompanhar cada compra de equipamento, além de auxiliar no treinamento dos profissionais que realizam os projetos e suporte pós-venda.

“O legal do nosso modelo de franquia é que as partes mais complexas do negócio como a engenharia, a logística e o fornecimento dos equipamentos são de responsabilidade do Portal Solar. O meu franqueado passa por um treinamento intenso de uma semana no nosso centro de treinamento em São Paulo, e pode começar a vender imediatamente. Pra isso ele conta com o suporte da nossa equipe. Se o candidato ganhar tração e fizer de 6 a 7 vendas por mês, montamos uma equipe de instalação e a treinamos para ele. Com isso a margem do franqueado aumenta”, explicou Meyer.

O aumento na conta de luz dos brasileiros tem impulsionado a geração própria de energia solar em telhados, fachadas e pequenos terrenos no País. Segundo mapeamento do Portal Solar Franquias, a potência instalada nos sistemas dos consumidores saltou de 4,7 gigawatts acumulados em janeiro deste ano para 7,3 gigawatts até o início de novembro, um crescimento de 53% no período.

De acordo com a análise do Portal Solar, baseada em dados da ABSOLAR e da Aneel, o mercado de energia solar tem se mostrado cada vez mais resiliente diante dos desafios impostos pela pandemia de Covid-19. Enquanto muitos setores perderam receita nos últimos 18 meses, quem estava no segmento solar viu as suas vendas aumentarem nesse período.

“A evolução desse mercado confirma que cada vez mais os consumidores brasileiros tomam consciência da necessidade de buscar soluções sustentáveis para enfrentar as elevadas tarifas de energia elétrica e as mudanças climáticas”, explica o CEO do Portal Solar.

Segundo o executivo, o segredo para operar em um mercado em crescimento acelerado é ser ágil e adaptável na tomada de decisão. Também é importante entender que o mercado de energia solar está no varejo e, portanto, “a venda acontece na cozinha do cliente”.

Regiões com a franquia do Portal Solar

Norte: 5

AM (2), AC (1), PA (1), RO (1)

Nordeste: 21

BA (9), CE (5), MA (2), PI (1), PB (1), SE (1), RN (1), PE (1)

Centro-Oeste: 11

DF (4), MS (1), MT (1), GO (5)

Sudeste: 50

ES (3), MG (6), RJ (9), SP (33)

Sul: 11

PR (5), SC (4), RS (2) (Assessoria)