foto ilustrativa

Mercado de distribuição de energia fotovoltaica triplica em um ano

Print Friendly, PDF & Email

A quantidade de instalações de sistemas fotovoltaicos conectados no país triplicou de 2014 para 2015. Somente no período de outubro a dezembro de 2015, a quantidade de micro e minigeradores Fotovoltaicos aumentou 64%. A análise sobre a energia limpa faz parte do estudo “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica – 2016”, desenvolvido pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-RJ) e pelo Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Instituto IDEAL). O material será lançado também em inglês no dia 23 de novembro, no Rio de Janeiro.

Segundo a análise, as maiores taxas de crescimento desse sistema de geração de energia verde foram registradas nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. O estudo constatou ainda que o número de empresas cadastradas no programa “América do Sol”, que dissemina a energia solar fotovoltaica, tem dobrado a cada ano e o número de funcionários do setor acompanha a tendência.

Fruto de representações gráficas e análises realizadas a partir de questionário respondido por mais de 300 empresas brasileiras do setor, o estudo pioneiro no Brasil apresenta o desenvolvimento do mercado e identifica os desafios no processo de conexão à rede de micro e minigeradores fotovoltaicos, no âmbito da RN 482/2012 da ANEEL.

O quê: Lançamento “O Mercado Brasileiro de Geração Distribuída Fotovoltaica – Edição 2016”
Quando: 23/11/2016, às das 9 às 18h
Onde: Firjan – Avenida Graça Aranha, 1

O estudo completo em português está em http://institutoideal.org/biblioteca/

 

 

Assessoria de imprensa