energia solar pode gerar grande economia para empresas

Leilão poderá estimular maior produção de energia solar

Print Friendly, PDF & Email

A Absolar avalia que, com o leilão de energia de reserva marcado para dezembro, o setor de energia solar  investirá de R$ 4 bilhões a R$ 6 bilhões em empreendimentos que poderão assim manter  no Brasil a produção de 2.000 megawatt (MW) por ano. É o que prevê o presidente da entidade, Rodrigo Sauaia. Segundo ele, com o desaquecimento da economia brasileira a previsão para este ano é de 1.000 MW a 1.500 MW, no máximo. O preço de contratação deverá cair em relação ao último leilão de 2015, em que o valor médio foi de R$ 297,75 por megawatt-hora, com deságio de 21% em relação ao teto estabelecido.

Em entrevista à Folha de São Paulo ele afirmou: “o setor está em fase de ganho de competitividade, os projetos hoje são mais eficazes. A redução do câmbio também tem um impacto positivo, já que a indústria ainda depende de importação”.

 

Canal-Jornal da Bioenergia