Grupo Gera alcança marca de R$ 30 milhões de economia com energia renovável para empresas brasileiras

Print Friendly, PDF & Email

Empresa projeta dobrar esse patamar para os clientes no ano de 2021, com novos projetos de geração e soluções de eficiência energética

O Grupo Gera, empresa nacional que atua com geração de energia renovável e eficiência energética para grandes consumidores, acaba de registrar a marca de R$ 30 milhões de economia nas despesas com eletricidade das empresas que contratam de forma privada o fornecimento elétrico a partir de fontes limpas e soluções de eficiência energética. A companhia espera dobrar esse número até o primeiro trimestre de 2022.

No último exercício, a companhia iniciou as operações das usinas de biogás de São Pedro da Aldeia, com 1,4 megawatt (MW), para atender um contrato de fornecimento para a Vivo, e de Três Rios, com 1 MW, fornecido para as Lojas Americanas, além de possuir mais 1 MW para abastecer a rede Santander. E estão previstos para este ano o acréscimo de mais de 50 MW de diversas fontes: solar, biogás e mini hidrelétrica.

O Grupo Gera também mantém contratos de parceria para usinas renováveis que atendem empresas como Oi, Ambev e Raízen, bem como expandiu em 2020 os negócios com as Lojas Americanas e o Banco Santander.

“Com soluções customizadas para garantir a máxima economia para seus clientes sem necessidade de investimento inicial, o Grupo Gera busca fontes de financiamento para os projetos de geração de energia e soluções ofertadas ao setor produtivo nacional, de forma a entregar soluções simples e que gerem algo impacto”, explica Ramon Oliveira, diretor do Grupo Gera.

“Possuímos projetos próprios e desenvolvemos empreendimentos de geração de energia renovável com parceiros, justamente para atender os consumidores empresariais e até residenciais com solução mais econômica e sustentável”, acrescenta.

Além da geração de energia renovável, a empresa investe em soluções de eficiência energética com o uso de tecnologias inovadoras, que geram economia significativa para os consumidores. São quatro empresas investidas pelo Grupo que integram as soluções para resolver as maiores dores dos consumidores.

Segundo Andre Castro, CEO do Grupo Gera, apesar de 2020 ter sido um ano de pandemia, a empresa conseguiu focar na entrega dos projetos e no compromisso assumido com os clientes, graças a uma equipe muito comprometida e a uma rápida adaptação à nova realidade de ambiente de trabalho e volatilidade do mercado. “Como resultado, tivemos um crescimento de faturamento significativo de 2019 para 2020 e conseguimos investir na consolidação das empresas investidas pelo Grupo”, informa.

“As constantes variações do câmbio foram um desafio adicional, que exigiu muito comprometimento de toda a equipe para buscar opções de financiamento e negociação com fornecedores para manter o planejamento de implantação e viabilizar os projetos”, acrescenta Castro.

“Colocamos os consumidores e clientes no centro da nossa tomada de decisão e, por isso, somos muito demandados para novos projetos e desenvolvimento de soluções. Aliado a esse entendimento das suas dores, nos diferenciamos na capacidade de entrega dos projetos e cumprimentos dos objetivos”, conclui. (Assessoria)