Engie assina compra da Assú Sol

Print Friendly, PDF & Email

Projeto em Assú (RN) tem capacidade instalada nominal total de até 750MW e está em linha com a estratégia da companhia de investir em fontes renováveis

 A ENGIE Brasil Energia (EGIE3), por meio da sua controlada, a ENGIE Brasil Energias Complementares Participações Ltda., assinou neste dia 28 de setembro a compra da totalidade do capital social da Assú Sol Geração de Energia SPE S.A., empresa detentora do projeto do Complexo Fotovoltaico Assú Sol, localizado no município de Assú, no Rio Grande do Norte, cuja capacidade instalada nominal total é de até 750MW, sendo o seu desenvolvimento voltado para o Ambiente de Contratação Livre.

O projeto será desenvolvido em uma região onde a Companhia já está presente. O valor total da operação é de até R$ 41.250.000,00 (quarenta e um milhões e duzentos e cinquenta mil reais) e os pagamentos serão realizados conforme o cumprimento de marcos relacionados ao cronograma de desenvolvimento do projeto. A transação está sujeita ao cumprimento de determinadas condições precedentes estabelecidas no Contrato.

Hoje, cerca de 90% da matriz da ENGIE no Brasil é proveniente de fontes renováveis. “A aquisição amplia em aproximadamente 50% o potencial de capacidade instalada de nosso portfólio de projetos em estágio avançado de desenvolvimento, que passa a totalizar mais de 2,2 GW, em linha com nossa estratégia de investimentos em geração de energia a partir de fontes renováveis, acelerando a transição da matriz elétrica brasileira”, afirmou o Diretor-Presidente e de Relações com Investidores de ENGIE Brasil Energia, Eduardo Sattamini.

A transação fortalece também a presença da ENGIE no Rio Grande do Norte, onde além de operar desde 2017 um ativo de geração fotovoltaica, atualmente investe R$ 2,3 bilhões para a implantação do Conjunto Eólico Santo Agostinho, nos municípios de Lages e Pedro Avelino, localizados a cerca de 100km de Assú. (Assessoria de imprensa)