Energia No Campo: Cibiogás Marca Presença No Show Rural Coopavel 2022 E Atualiza O Setor Sobre O Biogás Na Ação Em Parceria Com O Programa Renova-Pr - 1

Energia no Campo: CIBiogás marca presença no Show Rural Coopavel 2022 e atualiza o setor sobre o biogás na ação em parceria com o programa Renova-PR

Print Friendly, Pdf &Amp; Email

Nova iniciativa do programa visa reduzir juros em financiamentos de projetos de autogeração

 

Com muito espaço para promover debates sobre as inovações no campo, o Show Rural Coopavel 2022, que acontece anualmente em Cascavel (PR), foi lançado  após dois anos sem edições presenciais. Nos cinco dias de evento, o CIBiogás marcou presença para fortalecer algumas parcerias e incentivar o uso do biogás no meio rural na ação “Energia no Campo”, promovida pelo programa Renova-PR.

Incentivo à energia no campo

O evento também pôde ser acompanhado online no Espaço Impulso, liderado pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), durante os três primeiros dias do Show Rural, e trouxe diversas discussões sobre as perspectivas energéticas para o agronegócio.  O estande do PTI proporcionou encontros para apresentar as ações que o CIBiogás vem desenvolvendo, além de valorizar a parceria das empresas membros do Centro.

Os encontros do evento “Energia no Campo” mantiveram uma programação focada na energia na área rural junto às atividades de bovinocultura, suinocultura, avicultura, piscicultura e segurança para o produtor. Os painéis tiveram o apoio do Governo do Estado do Paraná (SEAB e IDR); EMBRAPA Suínos e Aves; Parque Tecnológico Itaipu; CIBiogás; POD – Programa Oeste em Desenvolvimento; e, do Sistema Ocepar.

Redução de juros

Pensando no desenvolvimento da fonte no Brasil e principalmente no Paraná, o programa Renova Paraná lançou no penúltimo dia do evento uma iniciativa que pretende reduzir os juros em financiamentos de projetos de autogeração. O incentivo minimiza até 5% do juros para os produtores que pretendem investir em instalações renováveis que acolham o biogás, energia solar fotovoltaica ou energia eólica.

Rafael González, diretor-presidente do CIBiogás, comenta que a equipe do Centro, presente em todos os dias do evento, ocupou diversas agendas a respeito de oportunidades, projetos e interesses de municípios, produtores rurais, agroindústrias, cooperativas e empresas do agronegócio brasileiro para desenvolver biogás e biometano.

“O tema, cada vez mais relevante, incentiva a competitividade no agronegócio brasileiro e mais ideias que têm como foco a descarbonização de processos.” enfatiza o diretor.

No evento solene, também estavam o secretário de estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, o diretor de Coordenação da Itaipu, general Luiz Felipe Carbonell, o diretor-presidente do CIBiogás, Rafael González, o presidente da Coopavel e diretor do Show Rural, Dilvo Groli e o coordenador do Renova-PR, Herlon de Almeida.

A ação que proporciona mais facilidade ao adquirir os créditos para as soluções é uma parceria do Renova-PR com o CIBiogás e demais entidades que acreditam na democratização do biogás no Brasil.

Microrredes e o programa Renova-PR

Natalí Nunes, engenheira eletricista e colaboradora do CIBiogás, palestrou em um painel do Espaço Impulso sobre os arranjos de microgrids e afirmou que esta foi uma oportunidade para fortalecer o conceito de pautas inovadoras que focam na segurança energética do produtor rural e na confiabilidade no suprimento para áreas mais afastadas.

“O tema microgrid pode trazer uma opção a mais para o produtor rural quando se pensa em confiabilidade e segurança energética.”

Microrredes X Geração isolada

A engenheira destaca que quando falamos sobre a microrrede, é importante avaliar a diferença dessa alternativa com a geração isolada.  No debate realizado no Show Rural, se possibilitou compreender o avanço que as microrredes apresentam no meio rural, visto que é possível fornecer energia elétrica de qualidade para várias unidades consumidoras, desde que elas façam parte  desse tipo de arranjo.

Sendo assim, a alternativa traz segurança energética, confiabilidade e competitividade para o produtor e faz com que a percepção de qualidade em relação a energia ali suprida seja a maior, já que o produtor vai obter esse suprimento de qualidade.

“Quando nós falamos de arranjos de biogás, esses arranjos evidenciam ainda mais esses benefícios trazidos por microrredes. Com a microrrede nós precisamos de ao menos uma unidade geradora e que essa unidade possibilite o despacho contínuo da energia elétrica e também a flexibilidade operativa. Quando nós falamos de biogás, temos todos esses pontos abrangidos e supridos para que esse produtor tenha a maior confiabilidade no empreendimento.”

 Outros negócios

Essa perspectiva, com o biogás, proporciona uma independência na questão envolvendo a mobilidade também, já que durante o Show Rural uma opção de trator movido a combustível renovável no Brasil foi apresentado pela New Holland, sendo oprimeiro modelo movido 100% a biometano.

O CIBiogás, junto à New Holland, pretende levar o biometano disponível para os produtores rurais, viabilizando a alternativa de poder gerar o combustível próprio a partir da solução residual.

A procura por energias renováveis vem aumentando no Brasil e isso se dá pelas vantagens que essas fontes apresentam no contexto à favor da sustentabilidade e contra as emissões de gases de efeito estufa (GEE).

O biogás é uma alternativa que cresce a cada ano. Sendo uma fonte não intermitente e que impulsiona a economia de um local pelo aproveitamento de um passivo ambiental, a ideia de implementar projetos focados na redução de resíduos no campo é um super atrativo para o interior do estado. (Assessoria)

Veja Também

O que há de novo na Fenasucro & Agrocana 2022?

Edição deste ano, que foca o tema da sustentabilidade, reúne inovações que pretendem, em breve, …