Divulgação Cerradinho

Cerradinho Bioenergia amplia investimentos em Goiás

Print Friendly, PDF & Email

A expansão do parque industrial da CerradinhoBio, em Chapadão do Céu, no sudoeste goiano, inaugurada em setembro, marca a ampliação da produção de etanol e energia elétrica da empresa. O investimento para bioeletricidade, obtida a partir da queima do bagaço da cana, foi de 250 milhões de reais na expansão da sua capacidade de geração de energia elétrica. As obras para instalação da nova caldeira, duas novas turbinas e dois novos geradores foram iniciadas em 2015 e elevaram a capacidade de exportação de energia para 850 GWh/ano. A partir do acionamento da segunda caldeira, já em operação, a capacidade instalada de geração de energia é de 160 MW, suficiente para abastecer um município de 500 mil habitantes e suas indústrias, consolidando-se na maior termoelétrica de biomassa do país.

A Cerradinho Bioenergia, na safra 16/17, teve recorde de moagem: 5,061 milhões de toneladas de cana, e para atual, projeta um aumento adicional para atingir 5,4 milhões de toneladas. A CerradinhoBio é hoje a maior unidade industrial em moagem individual de Goiás.

 

Canal-Jornal da Bioenergia