Divulgação Cerradinho

Cerradinho Bioenergia amplia cogeração de energia

Print Friendly, PDF & Email

A Cerradinho Bioenergia investiu 250 milhões de reais em seu parque industrial para à conclusão da segunda etapa da cogeração de energia. A indústria ganhou uma nova caldeira com sistema de ciclo regenerativo, método que permite produzir vapor e energia de forma eficiente. Além disso, a caldeira possibilita a queima de matérias-primas alternativas como cavaco de madeira, capim e além de outras fontes de carbono, como resíduos urbanos tratados, fato que se constitui um benefício ambiental em relação às usinas termelétricas movidas a óleo. Outros dois turbogeradores, de 45 MW cada, também foram instalados. Com isso, a capacidade de produção total da empresa é de 160 MW de energia, suficiente para abastecer um município de até 500 mil habitantes e suas indústrias. A partir da expansão de seus canaviais nas próximas safras, a CerradinhoBio terá biomassa suficiente para gerar e exportar 594 GWh de energia por safra, se transformando na maior termelétrica de biomassa do Brasil.

A solenidade de inauguração da expansão do parque industrial da empresa será no dia 20 de setembro, de 10h às 14h, na sede da empresa em Chapadão do Céu, GO (Fazenda Âncora, GO 050, KM 11 +900, S/N).

 

Canal-Jornal da Bioenergia com dados da Assessoria de Imprensa da Cerradinho Bioenergia