Brasil Perde R$22 Bilhões Por Ano Por Não Usar Aquecedor Solar De Água - 1

Brasil perde R$22 bilhões por ano por não usar aquecedor solar de água

Print Friendly, Pdf &Amp; Email

Tecnologia nacional voltada para residências, comércios e empresas barateia a conta de luz em quase 40%

O consumo de energia no Brasil bateu recorde em março último, de acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). No período, foram consumidos 44,101 terawatts hora (TWh), o maior índice da série histórica desde 2004, indicando que deverá haver aumento de consumo também no ano todo de 2022 e também nos próximos.

“A falta de investimentos em energia solar térmica pesa no bolso do consumidor. Para se entender melhor a questão, vamos analisar aqui o potencial de economia propiciado pelos aquecedores solares, que tem tecnologia 100% nacional. Para obter essa economia, basta fazer a conta. O consumo de energia elétrica no Brasil em 2021 foi de 500,209 terawatts hora (TWh). Sendo que cerca de 7% desse consumo é para aquecer água para banho (chuveiros e outros aquecedores elétricos), chegamos ao número 35,015 TWh. Considerando o custo de 700 milhões de reais o terawatt-hora, ou seja R$ 0,70/KWh para consumidor residencial, o brasileiro gastou 24,51 bilhões de reais para tomar banho em 2021”.

O aquecedor solar pode suprir mais de 90% (fração solar) desse consumo, então o povo brasileiro desperdiça por ano cerca de 22 bilhões de reais por não ter aquecedor solar em todos os domicílios do país.

Se considerarmos outros seguimentos que já utilizam aquecedor solar, mas ainda muito timidamente, como comércio, processos industriais etc., esta economia pode mais que quadruplicar, salienta o presidente da Abrasol (Associação Brasileira de Energia Solar Térmica), Luiz Antonio dos Santos Pinto.

O Sistema de Aquecimento Solar é feito de coletores capazes de absorver os raios do Sol, que são gratuitos, para aquecer grande volume de água e mantido em um ou mais reservatórios térmicos por até vários dias, funcionando como uma espécie de bateria armazenadora. Têm durabilidade de mais de 30 anos e geralmente só exigem uma limpeza simples anualmente.

Residências, comércios e empresas podem reduzir em até 40% ou mais do gasto mensal com eletricidade, organizar seu orçamento e evitar os altos valores das tarifas de eletricidade. O equipamento, a rigor, oferece autonomia para que as próprias famílias e empresas, independentemente de políticas públicas, reduzam suas contas de luz. Ou seja, a tecnologia dos sistemas de aquecimento solar de água precisa ser mais conscientizada e ter seu uso motivado pela população em geral. (Assessoria de imprensa Abrasol)

Veja Também

Novo Estudo Feito Na Ufmg Revela Qual Sistema Fotovoltaico É O Mais Eficaz - 10

Novo estudo feito na UFMG revela qual sistema fotovoltaico é o mais eficaz

Trabalho acadêmico testou as taxas de produtividade e desempenho energético de 33 tecnologias fotovoltaicas diferentes …