Créditos: FilippoBacci/iStock

Brasil aumenta produção de energia solar em 56% e atinge 39 GW

Print Friendly, PDF & Email

Aumento aconteceu em apenas um ano, mostrando cenário positivo de crescimento para o setor

Nos últimos anos, o Brasil tem testemunhado uma verdadeira revolução no setor energético, com a energia solar emergindo como uma força transformadora. Impulsionado por avanços tecnológicos, políticas favoráveis e uma crescente conscientização ambiental, o país está embarcando em uma jornada rumo a um futuro mais sustentável e renovável.

No mais recente levantamento feito pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), foi constatado que o país atingiu uma capacidade instalada de energia solar na casa dos 39 gigawatts (GW), considerando tanto a Geração Centralizada (GC) quanto a Geração Distribuída (GD).

Comparativamente, em fevereiro do ano anterior, o país registrava uma capacidade instalada de 25 GW. Isso significa que, ao longo desse período, houve um incremento significativo de 14 GW, representando um notável aumento de 56% na capacidade total de energia solar no país.

Números positivos animam o setor

Atualmente, no segmento de Geração Distribuída solar, o Brasil ostenta uma capacidade instalada impressionante, totalizando cerca de 26,8 gigawatts (GW). Essa capacidade é distribuída em aproximadamente 2,3 milhões de sistemas fotovoltaicos em operação. Além disso, esses sistemas fornecem energia para quase 3,5 milhões de unidades consumidoras em 5.547 municípios brasileiros, equivalente a 99,5% das cidades do país.

Os estados que se destacam nesse cenário são Minas Gerais e São Paulo, ambos com capacidade instalada superior a 3,5 GW. Porém, já são 10 os estados que ultrapassaram a marca de 1 GW de capacidade instalada em energia solar.

Quanto às classes de consumo mais atendidas pelo segmento, destacam-se a comercial, com 7,79 GW de capacidade instalada, e a residencial, com 12,93 GW. Esses números evidenciam a crescente adesão tanto de empresas quanto de residências à energia solar como fonte limpa e sustentável de eletricidade.

No setor de Geração Centralizada (GC), o país atualmente registra uma capacidade instalada de 12,22 gigawatts (GW), distribuída em mais de 18 mil usinas em pleno funcionamento. Aproximadamente 170 novas usinas fotovoltaicas estão atualmente em fase de construção, com previsão de adicionar outros 7,2 GW à capacidade instalada do Brasil nesse segmento.

Comparativamente, em fevereiro do ano anterior, a capacidade instalada tanto na Geração Distribuída (GD) quanto na GC era de 17,29 GW e 7,72 GW, respectivamente. Isso indica um crescimento significativo desde então, com um aumento de 9,5 GW na capacidade instalada em GD e de 4,5 GW na capacidade instalada em GC. Esse aumento substancial reflete o crescente investimento e interesse no setor de energia solar no Brasil.

Esses dados incentivam diversos negócios no setor, da venda de equipamentos à possibilidade de comprar energia solar, uma das possibilidades de aproveitar as vantagens desse tipo de energia.

Veja Também

Energia solar segue em expansão no Brasil

O relatório “Global Market Outlook For Solar Power 2024 – 2028”, elaborado pela SolarPower Europe, …