ABSOLAR e Sindistal celebram acordo para ampliar oportunidades de negócios às empresas de projetos e instalação de energia solar no RJ

Print Friendly, PDF & Email

Cooperação também prevê ações conjuntas de formação, capacitação e certificação de companhias e profissionais que atuam no segmento fotovoltaico nas cidades fluminenses

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) e o Sindicato da Indústria de Instalações Elétricas, Gás, Hidráulicas e Sanitário do Estado do Rio de Janeiro (Sindistal) acabam de celebrar um acordo de cooperação para ampliar oportunidades de negócios às empresas de projetos e instalação de energia solar no território fluminense.

O acordo prevê também o desenvolvimento ações conjuntas das entidades na formação, capacitação e certificação de empresas e profissionais que atuam no segmento fotovoltaico no estado do Rio de Janeiro.

Dentre as prioridades de trabalho da parceria entre as duas entidades destacam-se: o intercâmbio de informações e a realização de ações para promover assuntos de interesse comum em relação ao desenvolvimento de políticas públicas, programas e incentivos para o aproveitamento da energia solar fotovoltaica no estado do Rio de Janeiro.

O território fluminense possui atualmente 55,8 mil conexões operacionais de energia solar em telhados, fachadas e pequenos terrenos. A região conta com 472,8 megawatts (MW) em operação nas residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos.

Desde 2012, a geração própria de energia solar já proporcionou ao Rio de Janeiro a atração de aproximadamente R$ 2,6 bilhões em investimentos, geração de mais de 14,2 mil empregos e a arrecadação de mais de R$ 587,0 milhões aos cofres públicos.

A potência instalada nos municípios fluminenses coloca o estado na nona posição do ranking nacional da ABSOLAR. Segundo a entidade, o Rio de Janeiro responde sozinho por 3,9% de toda a potência instalada de energia solar na modalidade.

Atualmente, são mais de 64,7 mil consumidores de energia elétrica que já contam com redução na conta de luz, maior autonomia e confiabilidade elétrica com o uso da geração própria de energia solar.

Para o presidente executivo da ABSOLAR, Rodrigo Sauaia, o acordo com o Sindistal amplia a colaboração em prol do desenvolvimento econômico, social e ambiental nos municípios fluminenses. “Com esta parceria, pretendemos desenvolver e acelerar ainda mais o uso da tecnologia fotovoltaica pelos consumidores em residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos, ajudando na economia na conta de luz, protegendo contra aumentos das tarifas e trazendo maior autonomia e independência elétrica”, aponta.

“O setor está bastante otimista com a nova parceria e preparado para contribuir para a recuperação econômica e sustentável das cidades do Rio de Janeiro, ajudando também no atingimento dos compromissos de redução de emissões de gases de efeito estufa”, acrescenta Camila Nascimento, coordenadora estadual da ABSOLAR no Rio de Janeiro.

Para o Presidente do Sindistal, Evandro de Freitas Júnior, o acordo celebrado com a ABSOLAR inaugura a agenda de desenvolvimento conjunto do mercado solar no estado do Rio de Janeiro, ampliando a discussão e ações relevantes para melhor informar e promover o setor. Esta é a jornada do Sindistal para as suas filiadas e associadas de todos os segmentos de instalação que representa.

“Devemos juntos ampliar a voz da cadeia de valor, entregando para a sociedade, cada vez mais, melhores serviços e soluções técnicas e de engenharia, que gerem uma excelente experiência e confiança no negócio.” (Assessoria de imprensa)

Veja Também

Presença feminina na bioenergia ganha espaço, inclusive em cargos de liderança

Maior evento do setor no mundo, Fenasucro & Agrocana reflete mercado: elas marcam presença crescente …