Home » Empresas e Mercado » Usinas goianas investem em programas ambientais

Usinas goianas investem em programas ambientais

Print Friendly, PDF & Email

CRV Industrial e Cooper-Rubi desenvolvem ações para a preservação do ecossistema

 A CRV Industrial, localizada em Carmo de Rio Verde (GO) e a Cooper-Rubi, situada no município de Rubiataba (GO), desenvolvem o Programa de Gestão e Controle Ambiental com o objetivo de garantir a preservação do ecossistema e também evitar possíveis impactos causados por sua atividade.

Um dos pontos que o planejamento envolve é a responsabilidade socioambiental. Para isso, as empresas implantaram várias placas informativas direcionadas para a conscientização e preservação do meio ambiente nas áreas industriais e agrícolas. O objetivo é tornar a comunidade parceira na proteção e recuperação dos recursos naturais da região.

As usinas também realizam, por meio do programa, o monitoramento das emissões atmosféricas para avaliar o material particulado e quantidade de Dióxido de Carbono (CO2) liberado pelas chaminés das caldeiras. Toda a fumaça emitida na produção para a geração de energia pela biomassa é considerada uma energia de produção limpa. Já que junto às chaminés existe um sistema de controle de particulado, compostos por equipamentos lavadores de gases. Anualmente o sistema é avaliado para se manter dentro dos limites pré-estabelecidos pela legislação.

Responsabilidade

A CRV Industrial e a Cooper-Rubi desenvolvem suas atividades para possibilitar qualidade de vida aos colaboradores e para a comunidade da região. Outra ação é o monitoramento de ruídos e vibrações, que foi realizado em oito pontos distribuídos nas áreas industrial, agrícola e urbana. A ação prevê formas de eliminar e controlar os incômodos que a atividade pode gerar a população e a fauna.

Os resultados apresentaram dentro dos limites, as empresas, desenvolvem ações de controle. As máquinas e equipamentos passam por serviços de manutenção e regulagem periódicos, bem como os veículos avaliados e fiscalizados para a verificação do nível de ruídos. Além disso, os equipamentos mais ruidosos na área industrial são adotados de sistemas eficazes de abatimento de ruídos, abafadores e enclausuramento. Para proteger a audição dos colaboradores é obrigatório o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). (Assessoria de imprensa)