"http://www.canalbioenergia.com.br/wp-content/uploads/2018/11/Marca-650x90-NOV-2018.jpg" />
Home » Energia Solar e Eólica » Maior parque eólico offshore do mundo será inaugurado na Irlanda

Maior parque eólico offshore do mundo será inaugurado na Irlanda

Print Friendly, PDF & Email

O maior parque eólico offshore (em alto-mar) do mundo será inaugurado hoje na costa noroeste da Inglaterra, pelo grupo de energia dinamarquês Orsted. É o projeto Walney Extension.

O parque eólico tem uma capacidade de 659 megawatts (MW), o suficiente para abastecer 600 mil casas, ultrapassando o outro parque eólico offshore chamado London Array, na costa leste da Inglaterra, que tem 175 turbinas e uma capacidade de 630 MW.

A Walney Extension terá 87 turbinas construídas pela multinacional espanhola a Siemens Gamesa e a produtora de turbinas eólicas MHI Vestas. Vão ocupar uma área de 145 km², o que equivale a 20 mil campos de futebol.

As 40 maiores turbinas eólicas em operação global serão produzidas pela MHI Vestas, cada uma com 8 MW e 195 metros de altura. A Orsted afirma que essas tubinas foram projetadas para otimizar energia e gerar até 8,25 MW.

Segundo Matthew Wright, diretor-geral da Orsted no Reino Unido, o sucesso da Offshore britânica tem relação com o apoio do governo. “Nos últimos 10 anos, o governo tem apoiado a energia renovável e a energia eólica offshore no Reino Unido, levando prosperidade a esse tipo de indústria”, disse Wright à agência de notícias Reuters.

A Grã-Bretanha é o maior offshore de energia eólica do mundo, abrigando 36% da capacidade eólica offshore em torno do globo, conforme a Global Wind Energy Council mostrou.

A Wlaney Extensions foi um dos primeiros projetos de energia renovável a garantir o subsídio chamado Contrato por Diferença (CFD, na sigla em inglês) do governo britânico em 2014. O Contrato por Diferença consiste em um contrato de privado entre um gerador de eletricidade que utiliza baixo carbono e a Companhia de Contratos de Baixo Carbono (LCCC), que é uma empresa estatal introduzida como parte do programa de Reforma do Mercado de Eletricidade (EMR) britânico. Isso proporciona maior segurança e estabilidade das receitas aos geradores de eletricidade, reduzindo suas exposições a preços de atacado voláteis e protegendo os consumidores de pagar por maiores custos de suporte quando os preços da eletricidade estiverem muito elevados.

O contrato da Walney Extension precifica a eletricidade com um mínimo de £ 150, algo em torno de US$ 195, por megawatt hora (MWh) durante 15 anos. Desde que foi concedido, o custo de energia eólica offshore caiu drasticamente para um mínimo de £ 57,70 libras por MWh no último leilão realizado em 2017.

A Walney Extension é um projeto de propriedade compartilhada entre a Orsted, com 50%, e dois fundos de pensão dinamarqueses, PFA e PKA, cada um com 25%. Época Negócios